Afastamento laboral de grávidas na epidemia traz segurança jurídica

PL segue agora para sanção presidencial
Reprodução
O Senado aprovou na última quinta-feira (15/4) o Projeto de Lei 3.932/2020, que prevê que funcionárias grávidas se afastem do trabalho presencial enquanto estiver vigente o estado de calamidade pública reconhecido pelo Congresso, devido à…
Fonte: ConJur