AGU pede que STF suspenda julgamento sobre decretos de armas

A Advocacia-Geral da União pedirá ao presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, o adiamento do julgamento das ações que questionam os decretos do presidente Jair Bolsonaro que regulamentam a posse de armas. O julgamento está marcado para esta quarta-feira (26/6).
Antônio …
Fonte: ConJur