Arnaldo Godoy: Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Jesuíno Brilhante (1844-1879), o cangaceiro-romântico, significou a justiça onde justiça não havia e a desafronta onde desforra não acontecia. Protetor de camponeses esfomeados, de crianças maltratadas e de moças ultrajadas, Jesuíno intercalava assaltos e ataques a coronéis poderosos com interven…
Fonte: ConJur