Áudios de Lula ficaram fora dos autos para inibir vazamentos

O juiz federal Luiz Antonio Bonat, responsável pelas ações da “lava jato” em Curitiba, afirmou que parte das conversas interceptadas do ex-presidente Lula com autoridades foi deixada de fora dos processos por terem sido consideradas irrelevantes para a investigação e por haver risco de vazamentos…
Fonte: ConJur