Beto Richa vira réu na “lava jato” por propinas da Odebrecht

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) se tornou réu da “lava jato” por crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude à licitação referentes a uma PPP (Parceria Público-Privada) para duplicação da rodovia PR-323. Richa é acusado de ter recebido R$ 7,5 milhões em propinas da Odebr…
Fonte: ConJur