Celeridade não pode sacrificar acesso à Justiça, afirma Gilmar

A redução do acervo de processos não pode sacrificar o acesso à Justiça. Quem afirma é o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Segundo ele, embora o sistema judicial precise de melhoria, as reformas necessárias são pontuais.
Divulgação/AASPMinistro afirmou que Brasil tem o “ma…
Fonte: ConJur