É inconstitucional norma que inclui gastos com inativos em despesas com educação

Segundo STF, é inconstitucional norma que permite a estado computar gastos com inativos como investimento em educação 
Cathy Yeulet
A União tem competência exclusiva para legislar sobre normas gerais de educação e ensino. Com essa premissa, o Supremo Tribunal Federal declarou a inconstitu…
Fonte: ConJur