Empresa indenizará funcionário que matou colega por falha em arma

A 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Fojar Taurus S.A a indenizar em R$ 50 mil um ex-metalúrgico que, em 2006, ao testar uma arma, vitimou um colega em disparo acidental por falha do armamento.
TST considerou que fabricante de armas manteve “postura desinteressada em reabil…
Fonte: ConJur