Fim da execução provisória não beneficia quem põe ordem em risco

Estimativas sobre presos beneficiados com possível mudança de entendimento do STF são ancoradas em números inconsistentes
Reprodução
Estimativas sobre o impacto de uma possível mudança de entendimento do STF sobre a prisão em segunda instância noticiadas desde esta segunda-feira (14/10) t…
Fonte: ConJur