Hospital terá que exibir prontuários por suspeita de troca de bebê

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Luis Felipe Salomão manteve acórdão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que garantiu a um homem de 42 anos — que apresentou indícios de ter sido trocado na maternidade — o acesso aos prontuários médicos de seu parto.
Após descobrir não ser filho …
Fonte: ConJur