Juiz anula perdimento indevido de máquinas de diversão

Por considerar que não se trata de “jogos de azar”, o juiz Fabio Rubem David Müzel, da 4ª Vara Federal de Guarulhos, acolheu o pedido de uma empresa de importação e determinou que a Receita Federal libere quatro “máquinas dispensadoras de itens de diversão”, que haviam sido apreendidas no aeropor…
Fonte: ConJur