Juiz dispensa de apresentar certidão negativa para operar no porto

A Justiça de São Paulo dispensou a Rodrimar, que está em recuperação judicial, de apresentar a certidão negativa de débitos para manter certificado de operador portuário. Com isso, a empresa pode continuar atuando no porto de Santos.
Segundo o juiz André Diegues da Silva Ferreira, a exigência …
Fonte: ConJur