Juiz usa Imposto de Renda como critério para justiça gratuita

“Quem pode pagar imposto de renda, pode pagar as custas processuais.” Esse é o parâmetro adotado pelo juiz José Tadeu Picolo Zanoni, da 1ª Vara da Fazenda Pública em Osasco, para negar pedidos de justiça gratuita.
Dollar Photo ClubPara juiz, “quem pode pagar imposto de renda, pode pagar as c…
Fonte: ConJur