Justiça penhora direitos autorais de Cunha de livro sobre impeachment

A 20ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou, nesta terça-feira (13/4), a penhora dos direitos autorais do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (MDB) sobre o livro Tchau querida: o diário do impeachment.
Eduardo Cunha deve pagar honorários de advogados da Infoglobo
Reproduçã…
Fonte: ConJur