“Lava jato” viu chance de tirar Gilmar após renovação no Senado

Os procuradores da “lava jato” viram na renovação do Senado pós-eleição 2018 uma chance de conseguir o impeachment do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. É o que mostra reportagem publicada nesta quinta-feira (8/8) pelo portal UOL, em parceria com o site The Intercept Brasil.

Fonte: ConJur