MP-SP recorre para endurecer tratamento penal a tráfico privilegiado

O ministro Jorge Mussi, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, admitiu recurso extraordinário interposto pelo Ministério Público paulista (MP-SP) contra decisão da corte que determinou, em Habeas Corpus coletivo, tratamento mais brando a condenados por tráfico de drogas privilegiado e a…
Fonte: ConJur