PF abre inquérito para apurar conduta de porteiro de Bolsonaro

Porteiro que disse que suspeito foi à casa do presidente vai ser investigado pela PF
Reprodução
O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro pediu e a Polícia Federal abriu inquérito para apurar possíveis crimes cometidos pelo porteiro que afirmou — em dois depoimentos — que um dos susp…
Fonte: ConJur