Plenário do STF nega revisar condenação do senador Acir Gurgacz

O Plenário do Supremo Tribunal Federal rejeitou o pedido de revisão do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) para revisar sua pena de quatro anos e seis meses, em regime semiaberto, por desvio de finalidade na aplicação de empréstimo de banco público.
Senador Acir Gurgacz hoje cumpre pena no regime …
Fonte: ConJur