Procuradores não levaram executivo a sério até ele incriminar Lula

O ex-presidente da OAS, Leo Pinheiro, foi tratado com descrédito pelos procuradores da “lava jato” enquanto negociava um acordo de delação premiada. Diante da desconfiança dos procuradores, o executivo mudou sua versão sobre o triplex do Guarujá até relacionar o apartamento com a corrupção na Pet…
Fonte: ConJur