Revogadas prisões de investigados em operação no porto de Santos

O desembargador Nino Oliveira Toldo, 10ª Vara Federal Criminal de São Paulo, revogou nesta sexta-feira (23/8) as prisões temporárias de 21 investigados por fraudes em contratos na Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), responsável pela gestão do porto de Santos. 
Divulgação/CodespF…
Fonte: ConJur