Sucumbência deve ser descontada de créditos, inclusive alimentar

No caso de beneficiário de justiça gratuita, os honorários de sucumbência devem ser descontados dos créditos trabalhistas que venham a ser obtidos, inclusive dos de natureza alimentícia.
Ives Gandra Martins Filho afirma que não é possível restringir os descontos aos créditos não alimentícios…
Fonte: ConJur