Supremo vai comprar aparelho para reforçar segurança de provas

O Supremo Tribunal Federal abriu edital para comprar aparelhos que fazem a duplicação de arquivos de mídia. Na prática, o “duplicador forense” ajuda a preservar a cadeia de custódia de provas, já que consegue guardar uma cópia idêntica do disco rígido — que é onde todos os arquivos são salvos no …
Fonte: ConJur