Tecnologia não substituirá trabalho humano no Direito, diz ministra

Ao passo que o processo eletrônico e a inteligência artificial foram inovadores para o Direito e trouxeram diversos ganhos ao Poder Judiciário, por outra ótica, precisam ser usados com um viés humanizado. É o que acredita a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça.
Divulgação…
Fonte: ConJur