TJ-SP condena telefônica por cobranças após portabilidade

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou uma empresa de telefonia a indenizar um cliente em R$ 10 mil por continuar cobrando o serviço mesmo após ter feito a portabilidade. 
Cliente será indenizado em R$ 10 mil após empresa cobrar por serviços que não fora…
Fonte: ConJur