TJ-SP nega habeas corpus a líderes de movimentos por moradia

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou nesta quinta-feira (22/8) Habeas Corpus impetrado em favor de líderes de movimentos por moradia na capital paulista. Os ativistas são investigados em inquérito que apura a ocupação do edifício Wilton Paes de Almeida.
O prédio, no centro de São Paulo, de…
Fonte: ConJur