TJ-SP pede para não usar SEEU e juiz federal envia caso ao STF

O Conselho Nacional de Justiça violou a autonomia administrativa e financeira dos tribunais ao impôr que as cortes utilizem o Sistema Eletrônico de Execução Unificada (SEEU), conforme determina a Resolução 280/2019.
Tribunais se opõe a sistema imposto pelo Conselho Nacional de Justiça CNJ

Fonte: ConJur