Toffoli mantém liminar que autorizou dividendos da Braskem

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, rejeitou, nesta quinta-feira (22/8), um pedido para suspender uma decisão do Superior Tribunal Justiça que autorizava o pagamento de R$ 2,7 bilhões em dividendos pela Brasken.
Toffoli rejeita suspensão de liminar que liberou di…
Fonte: ConJur