Tribunal português bloqueia grupos de Telegram de pirataria

Devido à violação de direitos autorais, o Tribunal de Propriedade Intelectual de Lisboa determinou o bloqueio de 17 grupos de Telegram que disponibilizavam cópias pirateadas de jornais, revistas, filmes e séries.
Mais de 10 milhões de usuários tiveram acesso a conteúdos pirateadosReprodução

Fonte: ConJur