TSE arquiva ação que alegava favorecimento de jornal ao PT

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu pela improcedência de uma ação que apontava favorecimento de um jornal estatal da Paraíba à campanha de Fernando Haddad e Manuela d’Ávila, que concorreram, respectivamente, aos cargos de presidente e vice-presidente da República em 2018. 
Ação pedia inel…
Fonte: ConJur